fbpx

FAQ

Tutorial de Cadastro, Depósito e Compra Cryptau (AM1)

Aprenda nesse vídeo tutorial como fazer o Cadastro e Transferência para a compra de Cryptau (AM1), incluindo a instalação da Carteira Ethereum exclusiva para o armazenamento e o acesso à Carteira Multiassinatura.

WhitePaper Cryptau

Faça o download do WhitePaper Cryptau (AM1) e tenha uma visão mais completa e aprofundada sobre esse projeto revolucionário.

Perguntas Frequentes

A Cryptau (AM1) é uma cryptoproperty representativa de frações de direitos de propriedade com potencial de exploração de ouro e outros minérios, e cuja aquisição atribui ao titular todos os direitos de propriedade constantes do contrato armazenado na blockchain.
Criamos um artigo completo para você entender melhor esses conceitos em O que é a Cryptau?

Uma Cryptoproperty é uma evolução do contrato de propriedade, na medida em que garante ao seu possuidor o direito sobre bens móveis ou imóveis.

A compra de uma Cryptau (AM1) assegura ao seu detentor o direito a fração de uma propriedade que está dentro da poligonal, na qual foi por meio de estudo técnico, atestada a existência de OURO, DIAMANTE, E CASSITERITA, com base em imagens coletadas por satélites, e uso de técnicas de geoprocessamento e fotointerpretação.

A propriedade juntamente com o potencial de mineração está sendo avaliada por 100.000.000 (cem milhões) de Cryptau (AM1), sendo que cada Cryptau (AM1) equivale a aproximadamente um grama de Ouro, nos termos do contrato de cessão de direitos de propriedade. Contudo, há um estudo técnico em anexo inclusive com viabilidade econômica para exploração dos minérios, que aponta para o potencial final, valor equivalente ou superior a R$ 100.000.000.000,00 (cem bilhões de reais). A cotação da Cryptau (AM1) você confere na página de Cotação.

Os critérios de valoração abrangem inúmeras circunstâncias, todas constantes do Whitepaper.

Não. Mas a vendedora já protocolou junto à Agência Nacional de Mineração, processo autuado sob n° 48063.880121/2019-30, Requerimento de Autorização de Pesquisa, relativo à área da poligonal equivalente a 3.030,99 Hectares, com o fim de obter o respectivo direito minerário da área da fazenda que possui.

Apenas o detentor de pelo menos 51% das Cryptau (AM1) poderá realizar a exploração, mas os detentores da quantidade remanescente de Cryptau (AM1) terão direitos econômicos proporcionais às suas frações. Quem efetivar a exploração prestará conta com os condôminos.

A compra de uma Cryptau (AM1)  equivale à compra de direitos de propriedade, cujo valor varia conforme a oferta e a procura, não se tratando de instrumento financeiro.  Logo, poderá ocorrer ganho de capital, caso a Cryptau (AM1) seja vendida por valor maior do que o pago originalmente, bem como em havendo valorização da própria propriedade, ou ainda no caso da obtenção de recursos ou resultados advindos de exploração mineral.

Não, mas após o lançamento, em janeiro/2021, haverá um mercado eletrônico (livro de ofertas) para compra e venda de Cryptau (AM1), que poderá ser acessado globalmente.

Não haverá emissão de Cryptau (AM1) em valor superior a cem milhões de unidades, para que não haja desvalorização artificial de Cryptau (AM1) e da propriedade.

Qualquer pessoa do mundo com acesso à Internet, que seja capaz e preencha os requisitos obrigatórios de compliance legal.

Não se trata de stable coin, visto que o valor do grama do ouro é apenas uma referência dentre outras, que podem ser utilizadas pela atual proprietária da propriedade para a venda desta, mediante processo de tokenização.

Logo, ao contrário das stables coins, não há garantia de se manter paridade entre a Cryptau (AM1) e o ouro ou qualquer outro ativo, sendo o ouro utilizado apenas como critério de atribuição de preço, dado as peculiaridades dos direitos envolvidos.

Em última instância, por um lado, o valor da Cryptau (AM1) varia conforme a oferta e a demanda tal como qualquer outra cryptomoeda; por outro, a Cryptau representa o direito de propriedade sobre um bem real.

A cotação da Cryptau (AM1) você confere na página de Cotação.

Segue a LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012, conforme segue:

LEI Nº 12.651, DE 25 DE MAIO DE 2012.
Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis nºs 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e 11.428, de 22 de dezembro de 2006; revoga as Leis nºs 4.771, de 15 de setembro de 1965, e 7.754, de 14 de abril de 1989, e a Medida Provisória nº 2.166-67, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências.
Art. 12. Todo imóvel rural deve manter área com cobertura de vegetação nativa, a título de Reserva Legal, sem prejuízo da aplicação das normas sobre as Áreas de Preservação Permanente, observados os seguintes percentuais mínimos em relação à área do imóvel, excetuados os casos previstos no art. 68 desta Lei: (Redação dada pela Lei nº 12.727, de 2012).
I – localizado na Amazônia Legal:
a) 80% (oitenta por cento), no imóvel situado em área de florestas;

A Carteira Multiassinatura é mais uma camada de segurança e proteção para os seus tokens Cryptau (AM1). Significa que a Cryptau (AM1) precisa autorizar a movimentação de tokens juntamente com você.

Assim que a primeira transferência de fundos é realizada, criamos uma Carteira Multiassinatura que você conecta à sua Carteira Ethereum cadastrada. É nessa Carteira Multiassinatura que seus tokens ficam armazenados.

Assista ao Tutorial de Acesso aos Tokens Cryptau (AM1) ou faça o download do guia da Carteira Multiassinatura Cryptau em PDF.